Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Constelação familiar sistêmica: Um nome estranho, mas que pode mudar a sua vida.

O que é essa terapia que até os tribunais de justiça estão aplicando?  Sabe todas aquelas vezes em que vemos geração após geração repet...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » Em Pernambuco, prefeito sofre atentado. Dois homens efetuam mais de dez tiros contra o gestor municipal

Duas pessoas teriam efetuado mais de 10 disparos contra Manoel Teixeira, que assumiu este mês, após o prefeito Zenildo Vieira ser sido afastado por suposto envolvimento em prática de cartel e fraudes do sistema de transporte escolar

Manoel Teixeira tomou posse como prefeito de Glória do Goitá no dia 05 deste mês após o afastamento do ex-prefeito Zenilto Miranda investigado na Operação Carona

Foto: Reprodução


O prefeito de Glória do Goitá, Manoel Teixeira (PSC), sofreu um atentado na noite do último sábado (17). De acordo com o gestor, duas pessoas fizeram mais de dez disparos contra ele. Ele assumiu a prefeitura no início do mês, após o então prefeito Zenildo Vieira (PTB) ter sido afastado do cargo por suposto envolvimento em prática de cartel e fraudes do sistema de transporte escolar da cidade.


"Fui buscar a minha mãe, que estava em uma igreja da cidade. Assim que saí do carro cumprimentei algumas pessoas e ouvi os disparos", relatou o prefeito. De acordo com ele, todos se esconderam em uma casa das proximidades. "Não consegui identificar os autores do atentado", contou.


Após o ocorrido, ele prestou queixa na delegacia do município e, desde então, tem sido escoltado por agentes da Polícia Civil. Questionado se o crime poderia ter alguma motivação política, ele afirmou que "não sabe quem é quem" e acrescentou que ficará no aguardo das investigações oficiais. "Onde existe poder a visão (das pessoas) é diferente", resumiu. (informação:Diário de Pernambuco)

Manoel Teixeira tomou posse como prefeito de Glória do Goitá no dia 05 deste mês após o afastamento do ex-prefeito Zenilto Miranda que está sendo investigado pela Polícia Federal pelo crime de lavagem de dinheiro na Operação Carona.
A Operação Carona investiga prefeituras do interior do Estado por prática de cartel e fraudes em licitações do transporte escolar. (JC-OnLine)



«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário