Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Constelação familiar sistêmica: Um nome estranho, mas que pode mudar a sua vida.

O que é essa terapia que até os tribunais de justiça estão aplicando?  Sabe todas aquelas vezes em que vemos geração após geração repet...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » Maduro decreta estado de 'emergência econômica' na Venezuela

O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, em Caracas, no dia 6 de janeiro de 2016
O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, decretou "estado de emergência econômica" por 60 dias para atender à grave crise do país, pouco antes de apresentar seu informe de gestão pela primeira vez perante um Parlamento de maioria opositora.
"É declarado estado de emergência econômica em todo o território nacional em conformidade com a Constituição da República Bolivariana da Venezuela e seu ordenamento jurídico, por um período de sessenta dias (60)", publicou nesta sexta-feira o Diário Oficial.
O ministro da Economia, Luis Salas, nomeado há uma semana para coordenar a nova equipe econômica, planeja ao meio-dia local fornecer detalhes do decreto, já que o Diário Oficial ainda não publica na internet as medidas a serem tomadas, apenas o sumário.
O esperado pronunciamento do presidente, programado para as 17h00 locais (19h30 de Brasília), ocorre em plena crise institucional desencadeada após a instalação há dez dias da nova Assembleia Nacional, onde a oposição tem a maioria classificada, pela primeira vez em 17 anos de governo chavista.
O presidente havia anunciado que apresentaria em breve um plano com medidas de impulso à produção diante da dependência quase total de petróleo - fonte de 96% de divisas -, cujos preços caíram abaixo de 30 dólares o barril.
O país petrolífero com as maiores reservas de petróleo do mundo sofre uma severa escassez de alimentos e remédios, uma inflação de mais de 200% e um déficit fiscal de cerca de 20%, segundo economistas privados.
Fonte: Yahoo Noticias

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário