Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Constelação familiar sistêmica: Um nome estranho, mas que pode mudar a sua vida.

O que é essa terapia que até os tribunais de justiça estão aplicando?  Sabe todas aquelas vezes em que vemos geração após geração repet...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » » » » » » Bodocoenses dão opiniões sobre seleção brasileira e a troca de treinador

A questão é: Você ainda torce pela Seleção Brasileira com entusiasmo e amor? como você julga o trabalho do ex técnico Dunga? Achas que foi necessária a substituição dele pelo técnico Tite? Teria outro nome melhor que o de Tite? Qual e porquê? O que você espera com atitude mais rápida do novo técnico?


Mesmo não tendo sito o país que fundou o futebol, o Brasil tem sido a maior referência do esporte durante muitos anos, perdendo o status, na minha opinião, para alguns países europeus que nas últimas décadas têm investido bastante e possuindo os maiores e mais ricos clubes do mundo, assim como as seleções europeias que vem ganhando os últimos títulos da Copa do Mundo. 
Muitos dizem que o problema está na falta de amor dos atletas da atualidade e que mesmo os maiores se interessam mais por dinheiro e status do que propriamente por títulos.
Uma das derrotas mais amargas que os torcedores brasileiros já tiveram foi a final da copa de 1998, quando a nossa seleção foi derrotada por 3x0 pela anfitriã, a França. 
Muitos indignados acreditam que aquela final foi vendida. Mas nada que se comprove. Apenas desgosto e decepção de quem estava ali acreditando que o "Penta" viria naquele dia. 
No entanto, o treinador Luiz Felipe Scolari ( Felipão), resolveu fazer uma seleção contradizendo a vontade popular, em parte. Pois me lembro que a maioria dos brasileiros esperavam que o técnico gaúcho escalasse o atacante Romário, que não disputou a copa anterior (1998) com problemas físicos. 
Felipão preferiu apostar em outro jogador e foi campeão em cima da poderosa seleção alemã, que tinha o maior goleiro na época, Oliver Kahn. 
O super goleiro chegou até a final da copa sem tomar um gol, mas encontrou a dupla Ronaldo e Rivaldo e tomou 2 gols do fenômeno.
Em 2006 o técnico Carlos Alberto Parreira acreditou e investiu no "quarteto fantástico", formado por Ronaldo, Ronaldinho, Adriano e Kaká, que era a esperança do título. E ainda contava com a estrela do jovem atacante Robinho que era uma carta na manga e uma arma poderosa na reserva. 
Mas veio o que nenhum torcedor espera. Mais uma vez a nossa seleção decepcionou e foi barrada nas quartas de final pelo carrasco de 1998, a França. 
As duas seleções vinham jogando duramente "pau a pau", mas com um gol de Thierry Henry, aos 11′/2º, nosso elenco se desesperou e não conseguiu mais continuar o sonho de trazer o hexa. 
2010, mais uma grande decepção. O Brasil foi barrado mais uma vez nas quartas de final em jogo duríssimo contra a Holanda, perdendo de 2x1.
O treinador da época era o Dunga e não convenceu a torcida quando saiu a escalação sem o nome de Adriano Imperador e de outros grandes jogadores que na opinião pública faria grande diferença. 
Enfim, chega 2014, Copa do Mundo no Brasil. Luiz Felipe, Felipão, mais uma vez no comando da amarelinha. 
O país sofrendo com uma triste crise política e financeira. Muitos protestos, inclusive na abertura do evento, com um grito que vinha da torcida "Ei Dilma, vai t..n..C"...
O que todo brasileiro esperava, era que dessa vez não tivéssemos mais que passar por mais uma decepção como as anteriores. E bem que não tivemos uma tristeza igual a de 1998, 2006 e 2010, foi pior ainda!
Dessa vez o Brasil foi mais longe que nas duas copas anteriores. Apesar de ter feito jogos medíocres que não convenciam a torcida, a seleção conseguiu passar se arrastando até as semi-finais, sendo maltratada, arrasada, esfolada, judiada, lascada e humilhada com uma goleada de 7x1 da Alemanha.
Caramba! Cheguei a ouvir muitos dizendo que fazia vergonha ser brasileiro. O povo estava abalado tanto pelo momento político (que nunca melhorou), como no futebol que é uma paixão nacional e já trouxe alegria. 
O nome Felipão se torna motivo de piada e o povo pede um novo técnico que respeite a camisa verde e amarela. 
Vários nomes foram sitados. Os mais fortes foram o de Tite e o de Muricy Ramalho. 
Porém, mais uma vez a CBF contrata o derrotado de 2010, Dunga. 
Só que ele não conseguiu dessa vez trazer de volta a alegria ao povo brasileiro, dirigiu uma seleção com um nome de gigante e com um futebol de pequeno. 
A mais recente decepção foi a derrota na Copa América que está acontecendo nos EUA, para o Peru, por 1x0.

De tanto ouvir reclamações de torcedores, comentários negativos sobre o técnico Dunga e muitos até dizendo que não torcem mais para o Brasil, resolvi fazer uma pequena pesquisa com alguns amigos sobre o sentimento do brasileiro pela seleção e em relação a troca de treinador. 


Hoje a CBF conta com o melhor técnico da atualidade, o Tite, que foi o maior treinador do Sport Clube Corinthians Paulista. Responsável por conduzir o Timão a dois campeonatos brasileiros, um campeonato paulista, uma copa libertadores da América, um mundial da FIFA e uma re-copa sul americana.
Vamos conhecer a opinião de alguns internautas. Confira!

Samuka Douglas
Foto do Facebook
"Eu torço por amor , ao contrário de vários torcedores que só torcem independente do momento. Muitos não entendem o mal momento , daí criticam e dizem não torcer mais,sendo que quando ganha fico eufórico e contente.
- Eu acho que Dunga não estava preparado e ainda não está, porque ele não foi técnico de mais de dois clubes e o único time que dirigiu, não foi bem e até agora não entendo ele ter sido nomeado técnico .
- Foi necessária e justa , pois o futebol brasileiro que era um dos mais vistos e servia de exemplo , está se acabando. Espero com entusiasmo a volta do futebol brasileiro, mas temos que ter paciência com o novo comandante.
-Sem duvidas o cara mais preparado pra dirigir a seleção,é Tite mesmo. Não existe um técnico tão vitorioso no momento e nos últimos anos , quanto foi Tite. Pois o mesmo fez um tipo de estágio com o melhor técnico do mundo ( Pep Guardiola) . Onde serviu para reciclar seu trabalho, que onde o fez crescer no futebol. O outro técnico que ele fez estágio foi Ancelotti nos tempos de Real Madrid , Isso fez ele crescer muito e sem duvidas é o mais preparado pra dirigir a seleção. Tite ainda rasgou elogios a Ancelotti : "O que ele fez por mim, não sei se eu faria por outro profissional."(palavras de Tite) .
E espero que a seleção volte a ser o que já foi o melhor futebol do mundo e sermos campeões , pois já ta no tempo. Pois somos os únicos pentacampeões do mundo . Sou brasileiro com orgulho e com amor !
O futebol brasilerio precisa de uma reciclagem geral, umas delas começou , mas a outra seria na parte de direção de futebol. onde temos um presidente de futebol que não pode sair do país que pode ser preso. então isso serve de mal exemplo pra os jovens que um dia almejam jogar com a amarelinha."

Vinicius Brito Lócio
foto do Facebook
"Desde a Copa de 2010 que não torço mais pela Seleção com o mesmo entusiasmo, em parte pelo péssimo trabalho de Dunga e com uma pequena contribuição da não convocação de Adriano pra botar Grafite no lugar.
O trabalho atual de Dunga é pior do que o primeiro porque ele não aprendeu nada com os erros anteriores. Um trabalho retrógrado, desprovido de uma nova visão voltada para o futebol como ele é hoje. O mundo mudou, e o futebol, naturalmente, mudou também.
Foi necessária e diria que até tardia. Por mim, Tite já seria o técnico da Seleção há muito tempo. Não teria um nome melhor, porque ele mostrou nos últimos anos, nas conquistas pelo Corinthians, que entendeu e dominou o novo jeito de jogar futebol, diferente de Dunga que ainda pensava estar disputando torneios de 90. Não existe o jogador que ataca e o que marca, todos fazem isso de acordo com que o jogo está pedindo. O volante que só marca não existe mais. O volante tem que ser moderno, saindo pra jogar, tendo visão de jogo como um meia clássico tem que ter, foi o que Tite fez com Elias e Paulinho, os melhores volantes brasileiros dos últimos 10 anos.
Espero isso, que ele implemente na seleção Brasileira esse novo jeito de jogar futebol como os times da Europa já fazem há tempos. Acho que se tudo der certo, já teremos respostas rápidas nos jogos das eliminatórias, veremos claramente uma nova postura da seleção."

André Rodrigues
foto do Facebook
"Torço por amor, entusiasmo ta longe. Se o técnico não pode convocar e escalar quem ele quer fica difícil trabalhar.
Na verdade não deveriam nem ter chamado o Escolari e muito menos o Dunga deveria ter sido o Tite direto pra copa.
Chamar o Cássio urgente, já seria um bom começo."











Everaldo Ferreira Miranda
Foto do Facebook
"Não torço pela seleção , pois a safadeza desgosta a gente . O trabalho do Dunga ou de quem vier , é difícil pela safadezas que existem e fica sempre comprometido . Mas talvez pela crise moral que a mesma passa , talvez seja o momento de mudanças que torcemos que aconteça . E Tite tem caráter , respeito e cacife moral pra fazer um bom trabalho . Mas não vai ser fácil."
















"Para ser torcedor da seleção brasileira hoje é preciso ser muito apaixonado por futebol porque não está fácil, devemos aceitar que não somos mais os melhores do mundo. Quando éramos ficava torcer, pois tínhamos os grandes craques do mundo e as vitórias eram quase uma certeza, hoje não é assim, mas nem por isso deixo de vibrar com os gols e lamentar os que são perdidos. Os adversários evoluíram e a nossa seleção não acompanhou essa crescente. Difícil é, mas tenho certeza que é uma má fase que será superada.
Dunga não deveria ter assumido o comando pela segunda vez após a sua primeira passagem, pois ainda estava recente e ele não tinha adquirido muita experiência nesse período que ficou longe da seleção, nem realizado grandes trabalhos, no entanto ele não é o único culpado, pois não tinha grandes opções também para fazer um bom trabalho, por exemplo, citando um setor, já teve Tardelli e Jonas de camisa 9, aí não dá pra esperar grandes coisas. No jogo contra o Peru o time ia até bem, não tava um desastre pelo menos, mas a cultura do futebol brasileiro é do “imediatismo”: se não tiver bons resultados o técnico “dança” e o torcedor acaba sendo contagiado. Por isso, vejo a saída de Dunga como uma decisão correta. E o seu substituto é inegavelmente, o profissional mais capacitado para assumir o comando, sua escolha é uma unanimidade entre os brasileiros (exceto os corintianos), por tudo que fez nos últimos anos e chegou lá pela meritocracia. Creio que dará certo, apesar de não termos muitas “joias” mas temos muitos “diamantes brutos” para que Tite possa lapidá-los, e isso ele faz muito bem, já fez no Corinthians quando pegou elencos desfacelados e conquistou títulos quando poucos esperavam, inclusive eu.
O que temo é pelo “imediatismo” do futebol brasileiro, Tite já demonstrou que precisa de tempo para que as coisas se encaixem. A estreia será muito difícil contra o Equador na altitude, e se for derrotado, já não servirá mais?!?! Muitos dirão que não era nem pra ter ido. Mas vamos torcer pra isso não acontecer e que ele possa reerguer a nossa autoestima fazendo com que os brasileiros voltem a ter orgulho de vestir a amarelinha. Já ficamos 24 anos sem conquistar uma copa e aquela geração sentia falta de Pelé, Garrincha, entre outros, a geração atual lamenta as ausências dos Ronaldos, Romário, Rivaldo etc. que por sinal também eram muito criticados, e têm como grande esperança um Neymar da boca suja. Mesmo assim ainda confio que o quadro mudará.
Boa sorte Tite!"

Agradeço muito aos amigos leitores e participantes comentaristas pela matéria. 
Em breve estaremos realizando outras no mesmo estilo. 

Por Davi Diniz

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário