Slider

Vídeos

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » » » Coritiba arranca empate contra o Atlético Nacional e segue vivo na Sul-Americana

Mesmo com um mais na maior parte do jogo, Alviverde sofre para encontrar o gol de empate depois que Borja fez aos 13 minutos. O empate vem aos 40 minutos com um belo chute de fora da área de Iago. Vaga das quartas de final será definida no jogo de volta

Com muita pressão e sofrimento, o Coritiba conseguiu arrancar um empate de 1 a 1 do Atlético Nacional, na noite desta quarta-feira, pela primeira partida das quartas de final da Copa Sul-Americana, no Couto Pereira. O alviverde esteve em vantagem numérica desde os 30 minutos do primeiro tempo após a expulsão do zagueiro Nájera e tentando reverter o placar aberto por Borja ainda aos 13 minutos, mas levou os quase 18 mil torcedores à loucura com as chances criadas que não encontravam um finalizador competente. A solução veio com o menino Iago, que acertou um lindo chute de fora da área e morreu no ângulo do goleiro Armani para, enfim, o torcedor poder comemorar.

O segundo tempo começou com os times com a mesma formação, e o Coritiba pressionando e superior ao desfalcado Atlético Nacional, mas as finalizações não resolviam a partida. Kazim chegou a fazer um gol ainda antes dos primeiros dez minutos, mas ele foi anulado pela posição irregular do atacante. Após os dez minutos, os técnicos definiram que uma ia atacar e outro ia defender. Carpegiani tirou o último volante, Edinho, e colocou Iago. Rueda fez o contrário e tirou um meia para reforçar a zaga, mas o Coxa demonstrava mais uma vez sua limitação tática e as únicas chances eram nas cobranças de falta e escanteio de Juan, que mandava para a área e as finalizações não aconteciam como o esperado. A salvação veio como Iago, em um chute de fora da área e que deixou o placar igual.

COMO FICA

Com o resultado, o Atlético Nacional tem uma pequena vantagem por ter feito gol fora de casa e um empate sem gols da a vaga da semifinal para o time colombiano. Empate pelo mesmo placar leva o jogo para os pênaltis.

A DECISÃO

A partida decisiva será na próxima quarta-feira, no estádio Atanasio Girardot, em Medellin, na Colômbia. Antes disso, o Coritiba volta ao Brasileiro, neste domingo, na partida contra o Fluminense, no Couto Pereira.

MENINO DECISIVO
O gol que abriu o caminho para a vitória do Coritiba e que levou o time para os pênaltis contra o Belgrano foi dele. Agora é dele o gol que dá esperança para o Coritiba seguir sonhando com a semifinal da Sul-Americana. Iago entrou no segundo tempo, soltou o pé em um chute bem colocado no ângulo e deu o empate para o Coritiba.

BORJA É MATADOR E PERIGOSO

Artilheiro e matador. Para evitar tomar gols no segundo jogo, o Coritiba precisa ficar ainda mais de olho no atacanta Borja, que não perdoa uma bola. Ele assustou logo aos quatro minutos de jogo e, aos 13, fez o seu. Com o time com um a menos, sumiu um pouco, mas aparecia de vez em quando para lembrar que é sempre perigoso.

fonte: Globo Esporte

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário