Slider

Vídeos

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » » » » De virada, Corinthians derrota Santa Cruz, quebra jejum e encosta no G-6

Placar de 4 a 2, em Cuiabá, faz Timão voltar a vencer após seis jogos no Brasileirão e chegar aos 45 pontos para ficar em 8º lugar, a um ponto do Fluminense, o sexto

Neris conduz a bola observado por Guilherme, autor de dois gols do Corinthians (Foto: Site oficial do Corinthians)
Com um segundo tempo letal, o Corinthians derrotou o Santa Cruz, de virada, por 4 a 2 na noite desta quarta-feira, na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), e encerrou um jejum de seis partidas sem vitória no Campeonato Brasileiro. O resultado, construído com dois tentos de Guilherme, um de Marlone e um de Lucca, levou o Timão aos 45 pontos, a um ponto do G-6, que leva à Libertadores de 2017. O sexto lugar é o Fluminense, que faz clássico com o Flamengo, nesta quinta-feira. Com a sua 19ª derrota no certame, o Santa, que balançou a rede com Grafite e Keno, estaciona nos 23 pontos e pena na penúltima colocação da tabela
O Corinthians voltará a jogar neste domingo, contra o América-MG, às 18h30 (de Brasília), na Arena Corinthians. No mesmo dia e horário, o Santa Cruz vai encarar a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em Campinas (SP).
Primeiro tempo
Logo na primeira jogada, o Corinthians levou perigo ao gol do Santa, após chute para fora de Marlone. Com mais domínio territorial, o Timão pecava no último passe. Em um contra-ataque, aos 10, o Santa teve boa oportunidade, mas Grafite desperdiçou. Sem poder de fogo, o Timão deu espaços ao rival. Walter bem que tentou evitar o gol dos pernambucanos, com duas defesas importantes. Mas o arqueiro não conseguiu salvar o Timão aos 29, quando deu rebote após chute de Keno, e Grafite mandou para a rede: 1 a 0.
Sair atrás do placar acordou o Corinthians. A equipe alvinegra partiu para cima, e Rodriguinho desperdiçou duas oportunidades. Coube a Guilherme, único atacante do esquema de Fábio Carille, balançar a rede. Aos 37, ele recebeu bola açucarada de Marlone, dominou e chutou no canto direito para empatar a partida. Cinco minutos depois, Marlone quase decretou a virada. O jogo foi para o intervalo com 1 a 1 no placar.
Segundo tempo
Marlone voltou do intervalo doido para fazer um gol. E precisou só de dois minutos para marcar. Ele recebeu na ponta direita, cortou para o meio e mandou no cantinho para fazer o 2 a 1. A virada empolgou o Corinthians e abateu o Santa Cruz. Acuado, o time pernambucano acabou levando o terceiro, aos 9, quando Giovanni Augusto centrou da direita e fez Guilherme marcou de peixinho.
Como não poderia ser diferente, o Santa Cruz partiu desesperado para o ataque. Keno e Grafite voltaram a levar perigo à meta alvinegra. Mas lá estava Walter para segurar o mandante, com pelo menos duas defesa difíceis. De tanto insistir, Keno deixou o dele. Aos 35, o destaque do Santa aproveitou rebote e assinalou o segundo do seu time. Fechado na defesa, o Corinthians conseguiu segurar a pressão e ainda encontrou o quarto gol, com Lucca, de carrinho, aos 46.

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário