Slider

Vídeos

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » » » » Lula e Dilma irão a Cuba para homenagear Fidel, diz instituto


Ex-presidentes participarão de homenagem na cidade de Santiago de Cuba; ex-líder morreu no último dia 26, aos 90 anos, em Havana.

O Instituto Lula divulgou uma nota na tarde desta quinta-feira (1º) na qual informou que os ex-presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Dilma Rousseff viajarão a Cuba neste fim de semana para participar das homenagens a Fidel Castro.

Ex-presidente de Cuba, Fidel morreu no último dia 26. Líder da revolução cubana no Século XX, ele tinha 90 anos. (relembre aqui a trajetória de Fidel em fotos)

A morte de Fidel foi confirmada pelo irmão dele, Raúl Castro, atual presidente de Cuba, em um pronunciamento na TV, à 1h29 (hora de Brasília).

Já pela manhã, Lula e Dilma divulgaram notas sobre o assunto, assim como o presidente Michel Temer e várias outras lideranças brasileiras e internacionais.

Lula, por exemplo, afirmou que Fidel Castro era "o maior de todos os latino-americanos". "Para os povos de nosso continente e os trabalhadores dos países mais pobres, especialmente para os homens e mulheres de minha geração, Fidel foi sempre uma voz de luta e esperança".

Dilma, por sua vez, afirmou ser "motivo de luto e dor" a morte do ex-presidente cubano e, na nota, declarou os "mais profundos sentimentos" à família de Fidel e ao povo cubano. Ao final, fez uma saudação: "Hasta siempre, Fidel!".

Para ir a Cuba homenagear o ex-presidente do país, os advogados de Lula enviaram um ofício ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Operação Lava Jato na primeira instância, no qual informaram que o ex-presidente viajará ao país.



por G1 Brasilia 

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário