Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Grupo de amigos realizam mais um Projeto Natal Criança Feliz em Bodocó-PE

O Projeto Natal Criança Feliz está em seu sexto ano e o seu principal objetivo é tornar um Natal mais feliz para as crianças da zona ru...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » Pai e filha vivem como casal e são presos por estupro de crianças

Polícia apreendeu notebook, celular e tablet contendo imagens de menores

                               Pai e filha se conheceram após a mulher completar a maior idade Divulgação / Polícia Civil  
                                                                         (foto: adaptada por Davi Diniz)


Pai e filha foram presos pela polícia suspeitos de estuprarem, pelo menos, duas crianças e dois adolescentes, em Belo Horizonte. Além dos crimes, os pai e filha suspeitos mantinham uma relação de incesto, ou seja, de parentes consanguíneos que mantém relações sexuais.
As investigações que levaram à prisão de Warner Robert de Carvalho, 45 anos, e sua filha, Lidiane Fernanda Villaverde Carvalho, 27, iniciaram em setembro deste ano, após a denúncia de uma adolescente, de 14 anos, que teria sido obrigada a manter relações sexuais com o casal. A jovem relatou á polícia que Fernanda, que era vendedora de roupas íntimas, a fotografava com as peças, desde que ela tinha 11 anos. Porém, algum tempo depois do trabalho realizado, a vendedora teria começado a ameaçá-la, obrigando-a a ir para motéis com ela e o pai.
Com a denúncia, a Polícia Civil cumpriu mandados de busca e apreensão na casa de Carvalho e de Fernanda, onde foram apreendidos um notebook, tablets e um celular contendo imagens de crianças e vídeos com conteúdo de pedofilia, além de langeries. De acordo com a delegada responsável pelo caso, Isabella Franca de Oliveira, as duas crianças do material foram identificadas e ouvidas.
Carvalho e Fernanda não se conheciam e só foram apresentados após a mulher completar a maior idade. Depois que ele se conheceram, passaram a manter relações sexuais e a filha passou a aliciar crianças para que elas participassem desses encontros e fossem abusadas pelo pai.

De acordo com a Polícia Civil, os dois foram presos preventivamente e após isso, outro adolescente, de 12 anos, procurou a delegacia relatando também ter sido vítima deles. Carvalho e Fernanda podem responder pelos crimes de estupro e estupro de vulnerável, previstos no Código Penal, além de produção de imagem pornográfica envolvendo menores, conforme o Estatuto da Criança e do Adolescente (Eca).

por R7

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário