Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Grupo de amigos realizam mais um Projeto Natal Criança Feliz em Bodocó-PE

O Projeto Natal Criança Feliz está em seu sexto ano e o seu principal objetivo é tornar um Natal mais feliz para as crianças da zona ru...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » Terremoto deixa mortos na Indonésia

Tremor atingiu província de Aceh, no norte da ilha de Sumatra.
Destruição na ilha de Sumatra (Foto: Chaideer Mahyuddin / AFP Photo)
Ao menos 49 pessoas morreram devido a um forte terremoto que sacudiu, na madrugada desta quarta-feira (7), a província indonésia de Aceh, no norte da ilha de Sumatra, informaram as autoridades. O sismo derrubou edifícios na região.
O tremor aconteceu a 19 km de Sigli, situada a 100 km ao leste de Banda Aceh, e cerca de 8,2 km de profundidade, segundo o Serviço Geológico dos Estados Unidos (USGS, na sigla em inglês), que registra a atividade sísmica no mundo todo.
"Esta tarde temos 49 mortos", disse o chefe do Departamento de Informação da Agência de Gestão de Desastres de Aceh, Via Heni.
O tremor deixou 500 feridos, a maioria com ferimentos graves na cabeça e fraturas, segundo o diretor do Hospital TGK Chik Ditiro, Mohd Riza Faisal.

A área mais afetada é o distrito de Pidie Jaya, onde o vice-regente, Said Mulyadi, disse que o número de mortos não é definitivo e pode subir, já que existem pessoas presas entre as ruínas.
O presidente da Indonesia, Joko Widodo, expressou condolências às vítimas e ordenou que os ministros envolvidos em operações de busca, resgate e assistência visiten a região afetada.
Ao menos 740 pessoas, principalmente soldados, se incorporaram às equipes de busca e resgate, totalizando 1.500 socorristas.
 
Equipes de salvamento buscam por sobreviventes nos escombros de edifício que ruiu (Foto: Chaideer Mahyuddin / AFP Photo)
O tremor, que durou cerca de três minutos e foi seguido por réplicas, provocou o desabamento de vários edifícios, incluído uma escola em Tamalanla, onde vários alunos teriam ficado presos sob as ruínas, afirmou um fotógrafo. O terremotos ainda destruiu 72 casas e 6 mesquitas.
O porta-voz da Agência Nacional de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho, publicou em sua conta no Twitter, imagens de vários feridos resgatados pelas equipes de socorro e de uma mesquita que desabou em Ulee Glee, em Pidie Jaya.
Outros meios de comunicação afirmaram que nesta mesma aldeia também desabou um posto de gasolina e cerca de 20 prédios comerciais, onde várias pessoas ficaram presas.
A região do tremor é a mesma onde em 2004 um potente terremoto provocou um tsunami no Oceano Índico que matou aproximadamente 230 mil pessoas em uma dúzia de países.

Moradores observam destruição após terremoto sacudir a região (Foto: Nunu Husien / Reuters)


 Do G1, em São Paulo

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário