Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Grupo de amigos realizam mais um Projeto Natal Criança Feliz em Bodocó-PE

O Projeto Natal Criança Feliz está em seu sexto ano e o seu principal objetivo é tornar um Natal mais feliz para as crianças da zona ru...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » » Universitários de Lagoa Grande estão sem transporte para frequentar aulas

Estudantes frequentam cursos de graduação em Petrolina, no Sertão de PE.
Sem a gratuidade, muitos alunos estão desistindo dos estudos.

Transporte gratuito levava estudantes de Lagoa Grande a Petrolina (Foto: Reprodução/ TV Grande Rio)
No Sertão de Pernambuco, desde o início do ano letivo, cerca de 50 estudantes universitários do município de Lagoa Grande estão sem o transporte gratuito para viajar até a cidade de Petrolina. Eles frequentam as aulas nos cursos de graduação em universidades, institutos federais ou cursos profissionalizantes. Sem a gratuidade, antes oferecida pela prefeitura, muitos alunos estão desistindo dos estudos.
Maria Luana de Souza mora em Lagoa Grande e cursa História na Universidade de Pernambuco, no período da tarde. Ela reclama que o transporte deixou de ser oferecido pela prefeitura. “A condição de vida de lá é difícil, tem aluno que desistiu do curso, porque não tem condições de pagar passagem”, revela.
Parte dos estudantes de Lagoa Grande para chegar a Petrolina pegam o ônibus que sai de Santa Maria da Boa Vista e precisam desembolsar R$7 por dia. “Para quem curso todo santo dia, tem que vir e voltar, R$7 por dia fica caro”, relata o estudante Adriel Batista.
De acordo com o representante da Comissão dos estudantes de Lagoa Grande, David Antônio Souza, apenas quem estuda à noite voltou a ter o ônibus gratuito oferecido pelo município. “A gente tem um projeto de lei que visa a regulamentar esse transporte definitivamente no município. A gente já tem uma disposição positiva do legislativo tanto da cidade quanto da oposição e estamos na rua recolhendo assinaturas e precisamos de duas mil assinaturas e fazendo um movimento forte.
Do G1 Petrolina

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário