Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Grupo de amigos realizam mais um Projeto Natal Criança Feliz em Bodocó-PE

O Projeto Natal Criança Feliz está em seu sexto ano e o seu principal objetivo é tornar um Natal mais feliz para as crianças da zona ru...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » » » » VÍDEO-Veja a goleada de Chapecoense 7x0 Tubarão pelo Catarinense

Girotto pede música, Chape pinta o sete e goleia Tubarão na Arena CondáVolante marca três gols em 24 minutos e é o destaque absoluto da vitória por 7 a 0 do Verdão em volta por cima após revés na Libertadores. Dodô, Rossi, Túlio e Arthur completam placar

           

RESUMÃO
  • O JOGO
    Por Cahê Mota, direto de Chapecó
    Se a falta de gols era o que preocupava, Vagner Mancini voltou para casa de alma lavada neste domingo. O treinador mudou quase todo o setor ofensivo, e viu a Chapecoense atropelar o Tubarão, pela segunda rodada do returno do Campeonato Catarinense: 7 a 0 - e teve chances para ser mais. Na verdade, foram necessários somente 24 minutos para decretar a vitória, com três gols de Andrey Girotto. Depois, Dodô, Rossi, Túlio de Melo e Arthur Kayke completaram a festa de pouco mais de seis mil torcedores na Arena Condá.

  • DESTAQUEPANORAMA
    A goleada coloca a Chapecoense na vice-liderança do segundo turno do Campeonato Estadual, com quatro pontos - dois a menos que o líder Joinville. Na próxima quarta-feira, a equipe viaja até Itajaí para encarar o Almirante Barroso, às 21h45 (de Brasília), no estádio Camilo Mussi. O Tubarão, por sua vez, está em penúltimo, com somente um ponto, e tem pedreira pela frente: o Avaí, também na quarta, às 19h30, na Ressacada.
  • DESTAQUEPRIMEIRO TEMPO
    As mudanças no ataque já indicavam uma insatisfação de Vagner Mancini com o poder de fogo da Chapecoense. Coube, entretanto, ao jogador mais recuado de seu meio-campo resolver todos os problemas. E como resolveu! Foram necessários somente 24 minutos para Andrey Girotto balançar as redes três vezes e amenizar qualquer ressaca pela derrota n Libertadores. Sempre em bolas aéreas, o volante apareceu como homem surpresa para resolver a vida da Chape no primeiro tempo, que ainda teve gol de Dodô após jogada individual de Rossi. O Tubarão até se esforçou, obrigou Arthur a fazer boas defesas. Apenas espasmos de um adversário que já estava na lona.

  • DESTAQUESEGUNDO TEMPO
    Com a vitória praticamente assegurada, Mancini apostou em um fator para manter a motivação da torcida e da equipe no segundo tempo: Apodi. Agredido por um ex-empresário durante a semana, o lateral foi ovacionado ao entrar em campo e retribuiu com correria e assistência. Após boa jogada, serviu Rossi, aos sete, em mais um gol com origem pela direita. Pouco depois, o roteiro se repetiu e Túlio de Melo fez o sexto ao escorar cobrança de escanteio. A Chape jogava leve, solta e não perdia a fome de gol. Dodô parou em Luiz Carlos, Rossi acertou a trave. Bombardeio verde.
  • DESTAQUEPÚBLICO E RENDA
    Público total: 6.116
    Renda: R$ 94.785,00
  • DESTAQUEAPROVEITOU A OPORTUNIDADE
    Fora até mesmo do banco de reservas nas duas partidas da Libertadores, Dodô teve nova oportunidade com Vagner Mancini depois da expulsão ainda no primeiro tempo do empate com o Atlético-MG, pela Primeira Liga, e deu conta do recado. Bem na armação das jogadas, descolou bons passes para o trio ofensivo e soube chegar na área para fazer seu gol. Surge como boa opção para posição mais carente da Chape na temporada.
  • DESTAQUETUBARÃO VERDE
    Apesar da fragilidade e da goleada, o Tubarão deixou a Arena Condá sob elogios por conta da atitude ao homenagear as vítimas do acidente de 29 de novembro. Como já tinha prometido no duelo do primeiro turno, o clube trocou o azul da camisa pelo verde em ato de solidariedade à Chapecoense.
por G1/Globo Esporte

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário