Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Grupo de amigos realizam mais um Projeto Natal Criança Feliz em Bodocó-PE

O Projeto Natal Criança Feliz está em seu sexto ano e o seu principal objetivo é tornar um Natal mais feliz para as crianças da zona ru...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » » Categorias se unem em ato contra a PEC da Previdência em Petrolina, PE

Protesto ocorreu nesta sexta-feira (31) em Petrolina, no Sertão de PE.
Sindicatos, movimentos sociais, estudantes e trabalhadores participaram.

Concentração aconteceu na Praça do Bambuzinho, no Centro de Petrolina. (Foto: G1 Petrolina)
Servidores públicos, estudantes, centrais sindicais e movimentos sociais se reuniram nesta sexta-feira (31), em Petrolina, no Sertão de Pernambuco, em um ato contra a Proposta de Emenda à Constituição (PEC 287/16) do Governo Federal, que prevê a reforma da Previdência no país. Segundo a organização participaram do protesto 3 mil pessoas. A Polícia Militar não acompanhou a manifestação.
Os manifestantes se concentraram na Praça do Bambuzinho, no Centro da cidade, por volta das 8h30 e às 11h saíram em marcha pelas ruas, segurando faixas, cartazes e distribuindo panfletos informativos.
O protesto faz parte do cronograma de ações previstas para esta sexta, em todo o país, e tem como principais revindicações a anulação da pauta da Reforma da Previdência, em andamento no Congresso Nacional, e a revogação da votação do Projeto de Lei que libera a terceirização para todas as atividades da empresa (PL 4.302/98), que foi aprovado nesta quarta-feira (22).
  •  
Manifestantes ocuparam a Prefeitura Municipal de Petrolina. (Foto: G1 Petrolina)Manifestantes ocuparam Prefeitura Municipal de
Petrolina. (Foto: Maria Lima)
Dentre as categorias presentes na manifestação, estavam o Levante Popular da Juventude, a Marcha Mundial das Mulheres, o Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sindsemp), Sindicato dos Servidores Municipais de Petrolina (Sintep), Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Petrolina (STR), Associação das Mulheres Rendeiras, Central Única dos Trabalhadores (CUT ) e estudantes.
Para o presidente da Sindsemp, Valber Lins, o ato é importante para levar as recentes propostas do Governo ao conhecimento da população. “As propostas não vão atingir somente o serviço público, mas principalmente o cidadão como um todo. Imagina ter que começar a trabalhar aos 18 anos e se aposentar aos 67, por exemplo [referindo-se à Reforma da Previdência]. Já a lei da terceirização vai implicar num futuro déficit na Previdência do país”, sustentou.
Os manifestantes chegaram a ocuparam por alguns minutos o prédio da Prefeitura de Petrolina, mas se dispersaram por volta do meio-dia.
Em resposta à manifestação, a Prefeitura Municipal de Petrolina informou que “todos os serviços estão funcionando, apenas algumas unidades escolares aderiram à paralisação”.
Reforma da Previdência
A Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 287/16 do governo Michel Temer prevê a reforma da Previdência no país. O Projeto de Lei visa a alteração das regras em relação à idade mínima e ao tempo de contribuição do trabalhador, da forma de cálculo dos benefícios, do acúmulo da aposentadoria e pensão, entre outras mudanças.
Terceirização
O Projeto de Lei libera a terceirização para todas as atividades da empresa (PL 4.302/98) foi aprovado nesta quarta-feira (22) na Câmara dos Deputados. A medida visa a contratação de funcionários terceirizados em qualquer área de atuação. Desta forma, a responsabilidade de contratação e pagamento dos funcionários não seriam do local de trabalho. Do G1 Petrolina

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário