Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Grupo de amigos realizam mais um Projeto Natal Criança Feliz em Bodocó-PE

O Projeto Natal Criança Feliz está em seu sexto ano e o seu principal objetivo é tornar um Natal mais feliz para as crianças da zona ru...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » O que aconteceu com o Programa Mais Educação em Bodocó? De quem é a culpa?


O Programa Novo Mais Educação, criado pela Portaria MEC nº 1.144/2016 e regido pela Resolução FNDE nº 5/2016, é uma estratégia do Ministério da Educação que tem como objetivo melhorar a aprendizagem em língua portuguesa e matemática no ensino fundamental, por meio da ampliação da jornada escolar de crianças e adolescentes.


Segundo informações que se seguem abaixo, o programa não está funcionando em Bodocó por falta de iniciativa da gestão anterior que não se empenhou em renovar. 
Um professor da rede pública da cidade lamenta a situação e nós questionamos. O que realmente aconteceu? De quem é a culpa, de fato? Esperamos justificativas das partes envolvidas na polêmica, pois se trata de uma situação bastante delicada. 

O QUE VOCÊ FARIA SE PERDESSE MAIS DE R$ 800.000,00 REAIS?

SERIA UMA NOTÍCIA BEM DIFICIL NÃO É VERDADE? AFINAL DA PRA FAZER MUITA COISA COM UMA QUANTIA ASSIM.

Bem, a triste notícia é que foi um Bodocoense quem perdeu essa quantia, na verdade não somente um, mas todos os cidadãos de Bodocó perderam. Talvez você não esteja entendendo, tentarei explicar melhor.
No dia 18/11/2016 se encerrou-se o prazo para adesão ao Programa Educacional Novo Mais Educação do Governo Federal, porém a equipe gestora anterior, por interesses ainda desconhecidos, simplesmente NÃO RENOVOU a adesão ao programa, fazendo com que o município perdesse pelo menos R$ 807.511,40 (isso em valores referente ao programa no ano de 2014), em 2017 poderia ser maior já que o valor é calculado de acordo com o numero de estudantes matriculados na rede municipal de educação. Tal programa é responsável pelas atividades de contra turno, gerando praticamente o ensino integral em nosso município, por meio dele nossos alunos teriam acesso a uma melhor formação nas disciplinas de português e matemática, além da prática de atividades extracurriculares, tais como as bandas de fanfarra, projeto elogiável implantado na gestão anterior que tinha como base os recursos oriundos do Mais Educação, porém em 2017 o programa se vê sepultado diante da falta de compromisso com a continuidade de ações de interesse público. 
A perda é bem maior se da além dos R$ 807.511,40, pois perdemos os empregos destinados as equipes que trabalhariam nos projetos, as compras de produtos que seriam realizadas em nossos comércios, além da perda irreparável na formação completa de nossos estudantes, já que o tempo perdido não volta. 
Apesar de todos os esforços empreendidos pela equipe gestora da SEDUC e do prefeito Túlio Alves em reativar o projeto, recebemos a triste noticia que não será possível contar com tal ferramenta ainda este ano, contudo em 2018 novamente o Programa Novo Mais Educação será ativado.



Professor Tadeu Gomes

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário