Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Constelação familiar sistêmica: Um nome estranho, mas que pode mudar a sua vida.

O que é essa terapia que até os tribunais de justiça estão aplicando?  Sabe todas aquelas vezes em que vemos geração após geração repet...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » » » » » » Promotor acata pedido de cassação do Prefeito de Petrolina; PSB contesta: "Não respeita a vontade do povo"


O promotor de justiça do Ministério Público de Pernambuco (MPPE), Lauriney Lopes (foto), acatou ação movida na Justiça Eleitoral, de autoria do deputado estadual Odacy Amorim (PT), que concorreu nas eleições de 2016 a prefeito de Petrolina. O petista pede a cassação da chapa encabeçada por Miguel Coelho (PSB), que se saiu vencedora no pleito.
Na ação, Odacy acusa o socialista por abuso de poder econômico e de ter se beneficiado nas inserções de televisão durante a última campanha eleitoral.
O PSB, partido do prefeito, enviou nota lamentando a postura de Odacy. A legenda socialista lembra de suas contas, recentemente reprovadas, e diz que confia no rápido esclarecimento.
Confiram:
Sobre a decisão do Ministério Público em dar continuidade a um processo movido pelo PT em torno da campanha eleitoral 2016, o Partido Socialista Brasileiro respeita o posicionamento da instituição do Judiciário e tem plena confiança de que o caso será arquivado. O PSB lamenta que a chapa petista, que teve as contas reprovadas recentemente, insista na tentativa de não respeitar a vontade do povo de Petrolina. O PSB lembra que todas as contas da campanha liderada pelo prefeito Miguel Coelho foram aprovadas. Ainda assim, temos plena convicção de que será frustrada a tentativa do grupo oposicionista de deturpar o resultado das eleições. O PSB reforça o respeito que nutre pelo Ministério Público, que está realizando seu trabalho com lisura e independência. O Partido Socialista, portanto, aguarda o rápido esclarecimento do Poder Judiciário sobre o  caso para que não restem mais dúvidas sobre a idoneidade do processo democrático e que se faça valer a vontade do povo petrolinense em fazer a cidade voltar a se desenvolver.
Informações: Blog do Carlos Brito

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário