Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Constelação familiar sistêmica: Um nome estranho, mas que pode mudar a sua vida.

O que é essa terapia que até os tribunais de justiça estão aplicando?  Sabe todas aquelas vezes em que vemos geração após geração repet...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » » Veja quem será o polêmico vice de Bolsonaro nas eleições 2018


O presidenciável Jair Messias Bolsonaro escolheu um dos mais polêmicos senadores da atualidade para ser seu candidato a vice-presidência. Evangélico  com forte atuação na defesa da Família Tradicional e odiado pelas Esquerdas, Bolsonaro terá ao seu lado um grande parceiro na mobilização de eleitores pelas redes sociais.
O senador Magno Malta (PR) confirmou ao jornal O Estado de S. Paulo que pode ser vice na chapa do deputado federal Jair Bolsonaro (PSC) para a presidência da república em 2018.
O senador capixaba não descarta, ainda, inverter de posição com o deputado, saindo como candidato à presidência com Bolsonaro como vice. “Temos conversado que, em 2018, todos estaremos juntos, independente de posições. Aliás, não só eu e ele, mas todos aqueles que repudiam esse modelo esquerdopata que destruiu o País. Quem pode ser vice também pode ser o verso”, afirmou o senador.
Em vídeo postado nas redes sociais em junho ao lado de Malta, Bolsonaro fez um afago ao senador. “Magno, você tem muita responsabilidade para com 2018. Porque, sempre digo, se a gente quiser mudar o Brasil, tem que ter gente no nosso perfil sentado naquela cadeira presidencial. (…) No ano que vem, uma certeza aqui: estaremos do mesmo lado”, disse Bolsonaro.


Magno Malta rasgou elogios ao colega. “Gosto do Jair, tenho boa relação com ele. É um bom nome para presidente. Se não for para o 2º turno, é ele quem vai definir a disputa”, afirmou.


Bolsonaro já afirmou que está 99% acertado com o Partido Ecológico Nacional (PEN). A filiação, segundo o próprio, deve ser anunciada em breve. “É um noivado nota 10. Estamos, inclusive, estudando a mudança do nome do partido. Quero que o partido se chame PAB (Pátria Amada Brasil).Em poucos dias devemos selar esse casamento”, disse o deputado. 

Fonte: Folha Brasil

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário