Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Grupo de amigos realizam mais um Projeto Natal Criança Feliz em Bodocó-PE

O Projeto Natal Criança Feliz está em seu sexto ano e o seu principal objetivo é tornar um Natal mais feliz para as crianças da zona ru...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » Após “chamado de Deus”, pastores sobem em vulcão em erupção na Indonésia


Pastores da Indonésia causaram polêmica nas redes sociais após subirem no Monte Agung, na Ilha de Bali, para fazer oferendas religiosas mesmo com área bloqueada por risco de erupção no local, onde fica um vulcão adormecido. Um dos missionários afirmou que decidiu fazer a tarefa após “Deus falar com ele”, quando estava se preparando para seguir as ordens de evacuar a ilha. “Eu fui selecionado para fazer uma oferenda. Fiz isso porque quero que as pessoas de Bali estejam salvas”, contou Jero Mangku à agência neozelandesa Fairfax Media.

Junto a outros dois pastores, Jero decidiu subir até o ponto mais alto do monte, onde deve fazer uma série de orações. Todo o caminho até lá vem sendo registrado pela equipe, que envia fotos para emissoras da região. Uma filmagem amadora feita pelos pastores mostra fumaça saindo de dentro do vulcão, considerado por especialistas como “altamente ativo”, causando mais de 300 tremores em apenas um dia, sinal de que pode entrar em erupção a qualquer momento. Apesar de parecer surreal, a relação do desastre natural com a fé é popular na ilha. Da última vez em que o vulcão entrou em erupção, no ano de 1963, deixando mais de 1,1 mil pessoas mortas, a lava parou a poucos metros do Templo Mãe de Besakih, situação considerada “milagrosa”.


Apesar de colocarem a vida em risco, o grupo não deve sofrer nenhuma sanção policial, já que não estão cometendo nenhum crime. “O perigo não acontece só para eles, mas também para todo o time que possivelmente vai ser acionado para resgatá-los caso algo dê errado”, afirmou o porta-voz do governo em entrevista ao jornal australiano SMH. Segundo ele, os riscos de se entrar em uma área de erupção (além de serem atingidos pela lava) abrangem soterramentos, terremotos e gases tóxicos. Uma área de quase 10 km ao redor do monte foi completamente evacuada, com mais de 10 mil animais e 143 mil pessoas tiradas das próprias casas.


                     Por Curiosamente/Diário de Pernambuco

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário