Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Grupo de amigos realizam mais um Projeto Natal Criança Feliz em Bodocó-PE

O Projeto Natal Criança Feliz está em seu sexto ano e o seu principal objetivo é tornar um Natal mais feliz para as crianças da zona ru...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » Casal faz parto forçado em grávida, rouba bebê e mãe morre

Os suspeitos fugiram após o crime, mas foram presos em flagrante horas depois


Um casal foi preso suspeito de matar uma mulher grávida de 37 semanas, de 20 anos, e roubar o bebê após fazer parto forçado. A vítima foi encontrada já sem vida, nesta quinta-feira (19), em São Sebastião do Uatumã, município que fica a 247 quilômetros de Manaus. Outras pessoas podem estar envolvidas no assassinato, segundo informações do delegado de Itapiranga, João Cabral.
De acordo com informações do G1, há sinais de estrangulamento na vítima, que foi encontrada por moradores da cidade, na manhã de hoje. “Saímos em diligência até o local indicado e constatamos que a vítima estava grávida. Em seguidas recebemos a informação de que uma mulher havia sido vista carregando um recém-nascido em uma embarcação com destino ao município de Itapiranga”, disse Medeiros.
Os suspeitos foram interceptados na orla de Itapiranga quando desembarcavam do barco. Eles confessaram o crime e contaram que encontraram a grávida em uma lanchonete, colocaram um tranquilizante na bebida dela. Em seguida, levaram-na a uma mata, utilizaram uma faca para remover o feto e fugiram.

A motivação, de acordo com a polícia, seria a infertilidade da mulher, que afirmou ter vontade de ter filhos, mas que não podia por ser estéril. O casal foi autuado em flagrante por homicídio duplamente qualificado e permanecerão presos na 38ª DIP. O bebê foi levado ao hospital de Itapiranga e está sob os cuidados do Conselho Tutelar daquele município.

Fonte: Portal Nayn Neto

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário