Slider

Vídeos

Postagem em destaque

Constelação familiar sistêmica: Um nome estranho, mas que pode mudar a sua vida.

O que é essa terapia que até os tribunais de justiça estão aplicando?  Sabe todas aquelas vezes em que vemos geração após geração repet...

Polícia

Politica

Educação

Esportes

Economia

Entretenimento

INVENTÁRIO DA OFERTA TURÍSTICA DE BODOCÓ-CONFIRA




» » » » » » » » » » Roberta Arraes participa da implantação da Sistemática Especial de Tributação para Gipsita no Araripe



           Na tarde de ontem, (31), a deputada Roberta Arraes (PSB) esteve ao lado do governador em exercício, Raul Henry, participando da implantação da Sistemática Especial de Tributação para Gipsita, Gesso e seus derivados, no município de Araripina.
Entre os benefícios que a nova Sistemática trará estão: prazo de recolhimento do ICMS – Polo Gesseiro a ser recolhido pelas mineradoras no segundo mês subsequente; postergação da primeira parcela do recolhimento do ICMS incidente sobre os estoques para 28/02/18 e a possibilidade de parcelamento do ICMS sobre os estoques em até 12 parcelas.
            A extração de gipsita é muito importante para a região do Araripe, só em 2017 foram extraídos aproximadamente 2,3 milhões de toneladas nas 40 minas que compõem o Polo Gesseiro do Araripe (nos municípios de Araripina, Bodocó, Ipubi, Ouricuri e Trindade).
Segundo dados do Sindusgesso, no polo gesseiro são gerados quase 14 mil empregos diretos e 69 mil indiretos com 42 minas de gipsita, 174 indústrias de calcinação e cerca de 750 indústrias de pré-moldados que geram um faturamento anual na ordem de R$ 1,4 bilhão por ano.
        Para Roberta Arraes, o diálogo entre o governador Paulo Câmara e os representantes do polo gesseiro, só trará benefícios para o setor, como para toda região.
“Mais um grande reforço para o desenvolvimento e expansão das atividades, oferecendo ainda mais melhorias e renda para o local”, finalizou.

Assessoria de Comunicação 

«
Próximo
Postagem mais recente
»
Anterior
Postagem mais antiga

Nenhum comentário:

Deixe um comentário